Governo federal lança Programa Avançar

Na área energética, são 97 projetos que serão executados até o final de 2018

Publicação: 09/11/2017 | 18:14

Última modificação: 13/11/2017 | 17:10

Crédito: Saulo Cruz / MME

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, participou nesta quinta-feira (09/11) da solenidade de lançamento do Programa “Agora, é Avançar”, que vai impulsar investimentos no País com a priorização de projetos na área energética, infraestrutura logística, defesa, social e urbana. A iniciativa conta com orçamento aproximado de R$ 130 bilhões para concluir cerca de 7 mil empreendimentos até o final de 2018, gerando mais eficiência produtiva, trabalho e renda para os brasileiros.

O Programa está dividido em três eixos: Avançar, com um orçamento público de mais de R$ 42 bilhões e uma carteira de projetos com mais de 6 mil empreendimentos; Avançar Cidades, com quase R$ 30 bilhões de financiamento em mais de 1.100 projetos; e Avançar Energia, com investimentos de mais de R$ 58 bilhões e 97 projetos.

“Em meio à retomada do crescimento econômico, o Programa “Agora, é Avançar” vai ajudar a alavancar investimentos no país e possibilitará o acesso do povo brasileiro à nossas riquezas”, disse o ministro na abertura da cerimônia.

O ministro também lembrou que foi com a mesma determinação do Programa Avançar, que o governo federal consolidou mudanças importantes no setor de óleo e gás que já rendem resultados positivos ao Brasil. “Já contratamos até agora mais de R$ 100 bilhões em investimento para os próximos anos em participações e lucros. Nessas explorações, o Estado brasileiro terá mais de R$600 bilhões de reais durante os 30 anos. Estamos falando de aproximadamente mais de 500 mil empregos”.

Na área de Petroleo e Gás, está previsto a construção de 7 plataformas e 4 navios e 1 gasoduto, totalizando mais de 170 bilhões de reais, sendo R$ 45 bilhões até 2018.

Entre os projetos de energia elétrica, estão 28 empreendimentos de transmissão e 58 usinas para produção de energia, todos 100% renováveis.  Entre os empreendimentos, estão 26 usinas eólicas, 29 usinas fotovoltaicas, e 3 usinas hidroelétricas, que totalizam 25 bilhões de reais, sendo R$ 13 bilhões até o final de 2018.   Também está previsto o projeto de universalização do Luz para Todos, que contempla 50 mil ligações e vai beneficiar mais de 200 mil pessoas até 2018.

Os investimentos energéticos, relacionados ao Avançar terão investimentos do Orçamento Geral da União (OGU) e serão executados diretamente pela Agência Nacional de Petroleo e Gás (ANP), pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e por distribuidoras de energia.

Aplicativos e Website do “Agora, é Avançar”

Com intuito de ampliar a transparência das realizações do programa, foram desenvolvidos aplicativo e website (www.avancar.gov.br) para permitir o acompanhamento pelos cidadãos. O app está disponível inicialmente na versão Android e pode ser baixado na loja online Google Play. Posteriormente será disponibilizado na versão IOS, na App Store.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério de Minas e Energia
(61) 2032-5620
ascom@mme.gov.br
www.mme.gov.br
www.twitter.com/Minas_Energia
www.facebook.com/minaseenergia