ônibus a Hidrogênio

PROJETO ÔNIBUS BRASILEIRO A HIDROGÊNIO

 

Tecnologias renováveis para o transporte urbano no Brasil

O mundo vem assistindo nos últimos tempos a uma crescente preocupação de governos, organismos internacionais e da sociedade, relativamente às questões ambientais e, especialmente, ao aquecimento global do planeta, problemas que começam a ganhar contornos estratégicos.

Assim, configura-se cada vez mais, como objetivo prioritário, a busca do desenvolvimento sustentável. Nesse contexto, estão inseridas as políticas e diretrizes do Governo Federal, implementadas pelo Ministério de Minas e Energia, visando o uso crescente de fontes renováveis e limpas.
 
O Brasil, diferentemente da maioria dos países desenvolvidos, possui uma matriz energética com cerca de 45% de energia renovável e deve elevar esse patamar a quase 47%, conforme previsão do Plano Nacional de Energia 2030. No resto do mundo esse percentual é da ordem de14%.
 
Na matriz de veicular, em comparação aos demais países, o Brasil se configura como um país com grande presença de combustíveis renováveis. No resto do mundo, a participação desses combustíveis é praticamente inexpressiva e o que se observa é a supremacia do uso dos derivados de petróleo.
 
Como se verifica, o País dispõe de uma matriz diversificada, haja vista as alternativas que possui para produzir combustíveis de natureza fóssil e renovável, constituindo um ambiente favorável para introdução gradual do hidrogênio. Esse energético, se produzido a partir de insumos de natureza renovável, deixará o Brasil em sintonia com as iniciativas internacionais para redução das emissões atmosféricas e diminuição da dependência dos combustíveis fósseis.
 
Os exemplos de sucesso do álcool e do biodiesel credenciam o país para a produção de hidrogênio a partir de fontes renováveis. Assim é que o Ministério de Minas e Energia tem envidado esforços no sentido de planejar a estruturação da Economia do Hidrogênio no Brasil.
 
As ações do Ministério de Minas e Energia com vistas a coordenar o processo de estruturação estão orientadas à criação de mercados sustentáveis, produzidos a partir de fontes de hidrogênio, de acordo com as especificidades do Brasil, em sintonia com as iniciativas internacionais para redução das emissões atmosféricas e diminuição da dependência dos combustíveis fósseis. Sob esta ótica um dos desafios de maior relevância é a construção de um ambiente favorável de negócios que promova o desenvolvimento econômico com inclusão social.
 
O Projeto Ônibus Brasileiro a Hidrogênio é mais um passo importante para consolidar a invejável vocação brasileira para o uso de combustíveis renováveis e funcionará como um importante vetor que ajudará a impulsionar o desenvolvimento da nova economia no País, na medida em que permitirá a demonstração da viabilidade técnica e operacional de ônibus a célula a combustível e da estrutura de produção e abastecimento de hidrogênio.
 
O Ministério de Minas e Energia, por meio da Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis participou de todas as etapas deste projeto desde a sua formulação inicial, exercendo o seu papel de planejar e implementar ações que conduzam à inserção do hidrogênio como complemento à matriz energética renovável que o Brasil já possui, reforçando uma importante vantagem comparativa que nos destaca no cenário mundial.
 
Junto com os nossos parceiros, que abraçaram essa idéia com afinco e entusiasmo, estamos comprometidos com o sucesso do Projeto ônibus Brasileiro a Hidrogênio pelo seu caráter inovador, ambientalmente correto e, portanto, inteiramente aderente às políticas e diretrizes do Ministério de Minas e Energia.
 
 

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA

 

 

Créditos do projeto:

logossite1